Programa: Saúde Integral
[dropcap]É[/dropcap] inquestionável reconhecer que nos últimos 100 anos a Humanidade realizou grandes progressos nos padrões de saúde e higiene. Mas é também fora de dúvida que fatores puramente financeiros construíram sistemas para tratar e conviver com as doenças e não para previni-las. É um sistema doente na sua origem. Um novo sistema de saúde deve cuidar do ser humano em todas as suas dimensões de maneira holística.

As pessoas não são apenas os seus corpos, são também emoções, são sentimentos, são psíquicas, são espíritos. Numa sociedade ainda tão desigual a ocorrência de doenças ainda está muito associada à falta de higiene, à falta de alimentação saudável, falta de saneamento, falta de lazer. Não falta nem dinheiro, nem conhecimento científico para resolver tais problemas, falta vontade política, eficiência e honestidade por parte de todas as esferas de governo.

É necessário desenvolver políticas públicas para cuidar da contaminação de alimentos e para controlar a venda de remédios. Esta provado cientifica e economicamente que para cada real investido na prevenção de doenças se economiza pelo menos dez reais na ponta final quando a doença já está instalada. Paralelo às falhas intrínsecas deste modelo, coexistem ainda o desperdício e a corrupção.

O PAZ ousará propondo a criação de um BANCO DE COLETA DE CÉLULAS TRONCO, contidas no cordão umbilical de todo brasileiro e brasileira nascidos, armazenando em nitrogênio líquido na rede hospitalar. Trata-se de um patrimônio extraordinário que deve ser intransferível para servir como instrumento de cura de graves doenças futuras.

[raw] [clear] [/raw]